Publicitário Observação Concentração Superação …

publicitario observacao concentracao superacao
Publicitário observação concentração superação apresenta uma proposta que requer reflexão para entender o alto poder de persuasão e comprometimento …

Publicitário observação concentração superação

Todo discurso publicitário observação concentração superação apresenta suas ações motivadas pela ideologia.

Por isso, é uma representação ou um signo, e nos mostra sua interação no social onde foi produzido.

Portanto, a palavra publicidade significa, genericamente, divulgar, tornar público.

E, propaganda compreende implantar, uma ideia ou crença na mente alheia.

Então, comercialmente falando, anunciar visa: promover vendas …

Mas, para vender é necessário na maior parte dos casos, implantar na mente da massa uma ideia sobre um produto.

Todavia em virtude da origem eclesiástica da palavra, muitos preferem usar publicidade (conotação mais suave e leve), ao invés de propaganda.

Contudo, ambas as palavras são usadas indistintamente.

A gente se acostuma a andar na rua e ver cartazes.
A abrir revistas e ver anúncios.
A ligar a televisão e assistir a comerciais.
A ir ao cinema e a engolir publicidade.
A ser conduzido, instigado, desnorteado, lançado na infindável catarata de produtos. – Marina Colasanti

O discurso publicitário

Assim, como indagações podem nos permitir entender o discurso no produto publicitário?

1. Quem escreve (em geral) esse gênero discursivo?;
2. Com que propósito?;
3. Onde?;
4. Quando?;
5. Como?;
6. Portanto, com base em que informações?;
7. Como o enunciador obtém as informações?;
8. Para quem é dirigido esse gênero?;
9. Por que o faz?;
10. Onde o encontra?;
11. Em que condições esse gênero pode ser produzido e pode circular na nossa sociedade?

Por isso, a resposta está nas relações entre a linguagem, a história e a ideologia …

Por exemplo, o trabalho com os signos não-verbais ou icônicos que também constituem a linguagem publicitária …

Dessa forma, atribuindo-lhe uma grande força de expressão e persuasão …

Entretanto, o discurso não é a língua, não é o texto e também nem é a fala …

Mas, necessita de elementos linguísticos que se movimentam e se modificam.

Portanto,  discurso se integra de sentido em função dos diferentes lugares sociais, históricos e ideológicos.

Pois, a palavra não traz em si uma significância inerente, formando diferentes signos por ser polissêmica e heteróclita, no contexto utilizado, apreendido em um espaço coletivo.

Três palavras que podem mudar sua visão de mundo, se for compartilhada:

Observação Concentração Superação


Fonte:
– Texto de Urbano Cavalcante da Silva Junior – UESC – BA
– TEDx Fortaleza – Palestra Chico Neto

Por: Erivaldo Ribeiro
Juntos, podemos sempre mais!

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.