Marketing Digital na Crise Econômica …

marketing digital na crise economica
Como aplicar o marketing digital na crise econômica do Brasil e diversos países do mundo, onde permanecem as épocas de recessão que inibem investimentos?

Marketing digital na crise econômica

Até quando essa crise atual permanecerá nos amedrontando e paralisando?

Mas, é justamente nestes momentos que essas dificuldades encobrem diversas oportunidade de negócios, já que movimentam os mercados intensamente.

As mudanças de hábitos dos consumidores e os novos cenários exige das empresas uma grande criatividade e ajustamento ao quadro real do momento.

Para, não apenas sobreviver a retração de consumo, mas, também como estratégia de prosperar nela e depois dela.

Nesse sentido, quem empreende ou está no mercado à frente de um negócio não pode deixar de implantar ou manter atividades voltadas para o marketing.

Afinal, é através desse mecanismo que as empresas passam a atrair novos clientes, conservar os antigos e, enfim, ter fôlego para a superação da crise.

Neste contexto atual o marketing digital na crise economica se torna ainda mais favorável …

Por isso, o orçamento mais voltado para a técnica online de convencer, educar e se relacionar com seu público-alvo cresce mais, a cada novo ano.

Pois, uma campanha de marketing digital na crise economica deve perdurar o ano todo.

Também, deve estar sempre no ar e acessível para quem quiser ver ou faz as buscas certas na internet.

Além do mais, atua como vários funcionários de vendas na divulgação e trabalha sem parar para você, 24 horas por dia.

Então, vamos entender como fazer planos de marketing digital na crise econômica?

Imagens agregam às palavras mais qualidade no conteúdo

Nestes tempos globalizados e simultâneos, as imagens falam mais do que palavras.

Quando definir sua campanha online, aproveite fotos e vídeos pertinentes às mensagens.

Uma galeria visual ou boas soluções audiovisuais são os melhores investimentos que você pode fazer …

Portanto, além de serem atraentes para os visitantes de suas páginas, muita gente reserva um tempinho para ver imagens e vídeos depois …

Alguns ainda compartilham suas publicações por meio de seus perfis, blogs e sites pessoais, caso gostem do que publicou.

Por isso, invista pois, além da divulgação gratuita, isso aumentará o tráfego em suas páginas corporativas na web.

Notícias positivas são motivos de encantamento

Busque sempre algo positivo sobre o qual articular, mesmo em tempos de crise.

A revelação de boas notícias por sua página pode não só dar alívio para as pessoas que passam, mas também ligar a imagem de sua marca à algo esperançoso, confiante e promissor.

E dependendo de sua atividade, pode-se educar o público-alvo enfatizando novidades, eventos, pacotes e ideias que deixem seus contatos, mais otimistas em relação ao futuro.

Dessa forma, tudo isso pode ser relacionado também à sua marca, serviços ou mercadorias.

A internet é um lugar maduro para compartilhar notícias positivas com grande público.

Use eficientes artigos para encantá-los e configure um feed de notícias para que seus leads recebam atualizações .

Hoje o uso de dispositivos móveis e da Internet estão cada vez mais disseminados.

Contudo, vale dizer que as pessoas preferem marcas que se esforçam para lidar com os clientes como se fossem pessoas reais.

As mídias sociais (blogs, redes sociais, entre outros canais) são bons espaços na web para fazer isso.

Alimentando uma página ou perfil de rede social, sua empresa ganhará vida.

Pode construir uma ótima sequência de publicações para nutrir os leads bem informados.

E, também documentar as opiniões e modos de uso que as pessoas apresentam para seus produtos ou serviços.

Foco em seus nichos de mercado

Mesmo que os tempos de crises reduzam o nível de consumo, pessoas que mantêm interesses específicos continuam a perseguir seus gostos.

Portanto,  se conectam com outros indivíduos que são do mesmo grupo.

Por isso, mantenha seu foco em nichos de mercado específicos – onde atue – ao invés de tentar vender para um grande número de pessoas.

Dessa forma, você vai vender menos, mas de maneira garantida e contínua.

E, gastar muito menos para fazer a divulgação e fidelização de seus clientes.

Quem são os formadores de opinião do seu nicho?

É comum que pessoas consideradas formadoras de opinião criem, de tempos em tempos, um buzz em torno das boas novidades no seu ramo de atuação.

E muitas outras pessoas as escutam, seguem e até copiam.

Busque fazer parcerias ou tente se aproximar de quem é mais respeitado dentro de seu nicho.

Faça reuniões personalizadas com elas, interaja em suas comunidades de mídia social.

Os influenciadores ajudam a espalhar suas mensagens e interagir com os fãs em comum.

Por isso, suas recomendações dentro de comunidade serão muito mais eficientes do que as melhores propagandas.

Construa uma boa imagem para seu negócio

Invista na elaboração de uma boa reputação para seu empreendimento.

Mantenha sempre relação com aquilo que seu público-alvo respeita e considera um valor.

Por exemplo, se a empresa trabalha com serviços-produtos que não são oriundos de pesquisas em animais de laboratório.

Essas, já tem um grande peso em sua decisão de compra.

Para outros, a autenticidade da matéria-prima, de origem animal, torna-se essencial para o produto como cintos de couro.

Há, os que consideram mais os processos que sejam sustentáveis e ecologicamente corretos.

Portanto, estude e defina qual é o seu público e seu segmento dentro do mercado.

Anteveja o que é mais importante para eles, e o que buscam e desejam.

Descubra suas reais demandas e preferências.

Então, não desperdice tempo e dinheiro num programa de marketing na crise econômica, sem envolvimento.

Conclusão

O marketing com resultados, não é uma despesa: trata-se de um importante investimento.

Portanto, realize ações e potencialize as chances de vendas da empresa-negócio nas ocasiões de crise.

O marketing digital na crise econônica não pode ser descontinuado e a empresa não deve cortar recursos.

Mas, deve estudar quais as melhores maneiras de torná-lo mais eficiente e certeiro no mercado.

Portanto, analise com cuidado como você cuida de suas campanhas de marketing digital na crise econômica!

Ref.: Artigo de Heloisa Figueira postado em 18/09/2015
Adaptado por: Erivaldo Ribeiro
Juntos, podemos sempre mais!

Gostou do artigo? Compartilhe!

Erivaldo Ribeiro é o fundador do Publicidade Viral. Empreendedor independente com foco em marketing, publicidade e empreendedorismo. Acredita que, ao compartilhar informações, está contribuindo para um mundo melhor. Temos um espaço no Facebook para nossa comunidade.

Marcado com: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.