Relações Públicas (RP) na Publicidade …

relações públicas
Pesquisa mostra visão de mais de 140 clientes sobre o trabalho das empresas de relações públicas – pesquisa publicada no jornal O Estado de São Paulo.

Relações Públicas

Existe uma tendência na comunicação: a incorporação de negócios de RP nacionais a grandes grupos de comunicação mais associados à publicidade.

No entanto, essa tendência demorou a chegar ao País.

Mas, no exterior, o grupo Omnicom é dono de marcas de relações públicas como Porter Novelli e Ketchum.

Já o grupo WPP mantém companhias como Burson-Marsteller e Hill+Knowlton em seu portifólio.

Porém, o “tempo perdido” no Brasil, começa a ser recuperado rapidamente.

Quize dias após acordo entre o grupo ABC e a CDN, O Grupo Publicis comprou a agência Espalhe por meio de seu braço de relações públicas, a MSL.

Mas, a Omnicom comprou uma participação minoritária na InPress, que já mantinha uma parceria com a Porter Novelli.

O grupo Interpublic tem uma fatia da S2 Publicon desde 2011.

Comunicação Corporativa – Pesquisa

Fatores determinantes para a contratação

– Relações e credibilidade com a mídia – 83,1%
– Quantidade de profissionais da agência – 73,2%
– Planjamento Estratégico – 70,3%
– Ausência de conflitos de interesse com concorrentes – 62,0%
– Experiência da agência – 50,7%

Tendências do orçamento de relações públicas

– Estabilizar – 83,1%
– Aumentar – 73,2%
– Diminuir – 70,3%
– Não responderam – 62,0%

Tipos de Contratos com agências

– Anual – 83,1%
– Por projeto – 73,2%

Remuneração Variável

– Não – 86,5%
– Sim – 11,5%
– Não Sabe/Não respondeu – 6,0%

Relações Públicas e o Mercado

Segundo fontes do mercado ouvidas, há espaço para mais compras de comunicação corporativa.

Entre os grupos que estão olhando ativos no País está o WPP.

Pois, o interessse do WPP neste mercado, diz o dono de uma agência, pode envolver a estratégia de fortalecimento das operações locais da Bursone e da Hill-Knowlton, que hoje ocupam posições intermediárias no Brasil.

No entanto, profissionais de relações públicas dizem que o motivo do interesse pode ser outro.

Mas, hoje, parte do trabalho que antes era feito por publicitários está migrando para a área de comunicação corporativa.

Portanto, a linha divisória, que é clara para atividades como relacionamento com a mídia de criação de comerciais tradicionais, fica menos evidente quando o assunto é a administração de perfis de redes sociais.

Então, hoje, os dois segmentos fazem este trabalho.

A agência Ideal, fundada há seis anos, está hoje entre as dez maiores empresas de relações públicas do Pais.

Contudo, isso só aconteceu graças ao investimento em tecnologia e presença dos clientes na internet, de acordo com o sócio-fundador Ricardo César.

“Hoje, desenvolvemos algum tipo de trabalho na área digital para 80% de nossos clientes”, afirma.

“O diálogo com o consumidor mudou.

Mas, nas redes sociais, o cliente pode criticar a marca.

Então aí entra a importância de RP.”

A aposta do mercado em compras no setor de comunicação corporativa está relacionada ao preço relativamente baixo das companhias.

Entretanto, isso se deve ao tamano do segmento de RP que é muito menor do que o de publicidade.

Estima-se que o mercado de RP movimenta anualmente R$ 2 bilhões no País.

A FSB, líder do mercado nacional, fatura cerca de 160 milhões.

Segundo o Ibope, o “bolo” publicitário do Brasil somou mais de R$ 100 bilhões em 2013.

Credibilidade

Portanto, apesar do setor de RP começar a assumir novas funções, as empresas ainda escolhem as agências pela credibilidade com os veículos de imprensa.

Comprovado de acordo com pesquisa do Grupo Consultores (acima mencionado).

O estudo mostra que o mercado tem chances de crescer, já que 40% das companhias dizem ter intenção de aumentar os investimentos na área.

Autor: Erivaldo Ribeiro
Juntos, podemos sempre mais!

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Erivaldo Ribeiro é o fundador do Publicidade Viral. Empreendedor independente com foco em marketing, publicidade e empreendedorismo. Acredita que, ao compartilhar informações, está contribuindo para um mundo melhor. Temos um espaço no Facebook para nossa comunidade.

Marcado com: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.