Criar Conteúdo Relevante com Facilidade …

Attachmedia criar conteúdo relevante
Criar conteúdo relevante é comparar-se a um grande corredor que vence todas as competições de que participa. Resultado de treinos, persistência e dedicação.

Criar conteúdo relevante

Todo crescimento depende de alguma atividade.

Não há desenvolvimento físico ou intelectual sem esforço, e esforço significa trabalho. Calvin Coolidge30º Presidente dos Estados Unidos.

Por isso, criar conteúdo relevante é como desejar correr.

Pois, na primeira vez corremos apenas alguns metros.

Mas, se criarmos o hábito vamos aumentar pouco a pouco a distância a ser percorrida.

Depois de um curto espaço de tempo estamos correndo 1 Km, 2 Km …

E, logo, estamos preparados para correr nossa primeira maratona (objetivo definido).

Portanto, não podemos criar conteúdo relevante se não nos motivarmos e começarmos a escrever.

Um dos erros mais comuns que percebemos – quando começamos – é conseguir passar para o papel as ideias e soluções para os “problemas” que enfrentamos.

Mas, após conseguir identificá-los, esbarramos em outra grande barreira que é a “falta de tempo”.

Pois, nos sentimos incapazes de buscar respostas para ele, adiando o primeiro passo.

Então, para conseguir, temos que nos encorajar, como para as corridas …

Primeiro caminhar, depois caminhar e trotar, trotar e correr …

Assim sendo, para quem quer atingir o objetivo final, não apenas correr: voar em busca de recordes (contra você mesmo!)…

Observando esses passos –  todos os dias – estaremos criando habilidades para nos transformar em um criador de conteúdo, de grande sucesso.

Administrar a inspiração

Então, qual o tempo disponível em seu dia?

Aproveite-o e escreva um post em seu blog.

Mas, o que escrever?

O conteúdo não vai cair dos céus em seus braços …

Mas, virá de observações e persistência de sua parte.

Portanto, leia muito ou peça a equipe de marketing ou, a equipe de atendimento aos clientes uma contribuição de assuntos que os “incomodam” …

Com esses dados que são motivos de reclamações, você pode tratá-los e apresentar novas soluções para cada um deles.

Entretanto, se você tem experiência em vendas, escreva um post sobre as 10 maneiras de atrair muitos clientes e de como atingir a meta estabelecida pela empresa.

Se você é um executivo, escreva posts que orientem na liderança e trato horizontal com seus subordinados.

Fale sobre produtividade e atraia mais audiência para seu negócio, pela qualidade de interação de sua equipe.

Então, arrisque-se, você só tem a ganhar!

Passando para o papel (ou iPad, Tablet, bloco de notas…)

Escrever é um estado mental e isto é real e às vezes um mal debilitante.

Ele ataca os mais eficazes criadores de conteúdo e grandes escritores.

“A tela branca esta me chamando, e agora?”

O problema: “Não sei para quem escrever”
A solução: É importante conhecer seu público-alvo.

Quem é ele?

Que idade ele tem?

Qual é o seu poder aquisitivo?

Onde mora?

Do que ele gosta?

O que lhe traz satisfação e encantamento?

É empreendedor?

É empresário?

É negociante?

Universitário?

Portanto, sem conhecer seu público-alvo, estará somente escrevendo sem obter resultados.

Por isso, entenda as “dores” de seu público e apresente soluções para cada uma delas.

O problema: “Não sei a respeito do que escrever”
A solução: Crie um calendário editorial, com todos os assuntos pertinentes sobre seu negócio ou serviço e anote todas as suas ideias.

Crie uma lista de assuntos sobre os quais deseja escrever e transforme isso em hábito.

O problema: “Não me sinto calmo para escrever”
A solução: Pegue seu notebook, desligue-o da tomada e vá para um quarto quieto e livre de distrações.

Portanto, seu objetivo somente estará completo quando o post de seu blog estiver terminado ou uma página de seu livro, antes do fim da bateria.

Por isso, uma pequena competição contra você mesmo pode trazer grandes respostas e foco no que deseja realizar.

Dilemas da criação

O problema: “Não encontra as palavras”
A solução: Escreva como você fala.

Pois, o conteúdo deve ser livre de jargões e linguagens técnicas (a não ser que seja um artigo técnico).

Então, se escrever como fala, será fácil passar sua experiência ou conhecimento para seu público.

Então, escreva como pensa …

Pois, nossos cérebros são mestres em trazer respostas quando focamos em determinado assunto ou problema, confie em você, e as palavras virão…

O problema: “Não sei como abordar esse assunto”
A solução: O assunto sobre o qual está desenvolvendo não é confortável para você?

Então, comece com o título focando no que ele realmente significa e o que você quer comunicar com ele.

Bem, se ele ainda não lhe parece ideal, você poderá melhorá-lo depois …

Mas, não faça disso uma barreira para sua criatividade.

Trabalhe para que ele fique claro e que comunique exatamente o que deseja explicar, responder ou esclarecer no seu post.

Conclusão

Para criar conteúdo relevante, domine o assunto.

Escreva pensando na “persona” para a qual está escrevendo e responda suas dúvidas …

Mais ainda, aponte caminhos e apresente soluções.

Simples assim!

Autor: Erivaldo Ribeiro
Juntos, podemos sempre mais!

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Avatar

Erivaldo Ribeiro é o fundador do Publicidade Viral.Empreendedor independente com foco em marketing, publicidade e empreendedorismo. Acredita que, ao compartilhar informações, está contribuindo para um mundo melhor.Temos um espaço no Facebook para nossa comunidade.

Marcado com: , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.